erupção monte fuji 1707

Erupção do Monte Fuji de 1707

A terceira erupção do Monte Fuji ocorreu em 1707. Ano que corresponde ao 4 da era Hōei pelo calendário japonês.

A erupção durou 16 dias, iniciando em 16 de dezembro de 1707 até 01 de janeiro de 1708. (Imagina, pleno ano novo…)

O vulcão, nessa erupção, não produziu fluxo de lava. Apenas um enorme volume de cinzas vulcânicas chegando a alcançar cidades a 100 quilômetros do monte. Cientistas calculam que o volume total foi de 800 bilhões de metros cúbicos.
erupção monte fuji 1707

O que fazer no Monte Fuji #1

Fuja da correria e aproveite a vista do Monte Fuji um passeio relaxante e terapêutico.

Com apenas o seu guia e seus amigos você poderá subir até o posto 5 onde tem muitos tradicionais Portões Torii vermelhos e santuários xintoístas para desfrutar uma vista espetacular.

Além disso você pode ter um delicioso e saudável almoço japonês e comprar lembranças para os seus amigos em mais de 200 lojas dentro do Outlet Gotemba.

Destaques

  • Passeio privado com apenas o guia/motorista e a sua turma;
  • Ônibus de deslocamento incluso;
  • Aproveite as vistas incríveis do Monte Fuji;
  • Saia diretamente de Tóquio;
  • Use o tempo livre para passear no outlet.

O que esperar do passeio?

Acorde cedo e comece as 8:30, o motorista irá encontrar a sua turma no hotel e serão direcionados até o Monte Fuji. Diretamente a quinta estação, 2300 metros acima do mar será o ponto mais alto dessa excursão.

O almoço será uma refeição regional feito com produtos regionais e muito saudável, mas é bom avisar se você tem alguma alergia ou restrição.

E adicionalmente você pode ir até as fontes termais para relaxar antes de voltar para Tóquio.

Isso tudo você pode encontrar no Viator

 

Monte Fuji receberá prova de ciclismo nas olimpíadas de 2020

Monte Fuji receberá prova de ciclismo nas olimpíadas de 2020

O visual lindo do Monte Fuji será plano de fundo da prova de ciclismo nas olimpíadas de 2020 no Japão pois o Monte Fuji receberá prova de ciclismo nas olimpíadas de 2020

A organização já divulgou que as provas serão difíceis para os atletas que terão que percorrer diversas voltas no pé do monte, porém o visual será maravilhoso.

Extensão da Prova

Com cerca de 270 quilômetros de extensão o trajeto masculino será o mais longo desde quando ciclistas profissionais foram autorizados a participarem dos Jogos Olímpicos, em 1996. A prova terá 30km a mais do que nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Saindo de Tóquio pelo sudeste da cidade pelo subdistrito de Chofu até chegarem no circuito Fuji onde já teve corridas de F1 e Fórmula Indy.

Tendo “apenas” 140km de extensão a rota feminina não chegará ao Fuji. A prova terá a mesma extensão da prova em solo brasileiro.

Confirmações oficiais

Apenas em março desde ano (2018) a UCI – Union Cycliste Internationale irá confirmas estes dados. Fontes informam que já foi aprovado porém a divulgação oficial e confirmação só daqui 3 meses.

union-ciclista-internacion